Por favor, aguarde
Carregando...Sindicato Rural de Catalão

Associado

Encerrado período do vazio sanitário do Feijão em Catalão

A medida, da Agrodefesa, faz parte de um programa fitossanitário, que tem como objetivo reduzir os prejuízos causados pela MOSCA-BRANCA (Bemisia tabaci, biótipo B)

06/10/2020 - 11:45

Encerrado período do vazio sanitário do Feijão em CatalãoTerminou ontem, 5, o Vazio Sanitário do Feijão, na área rural de Catalão. A medida, da Agrodefesa, faz parte de um programa fitossanitário, que tem como objetivo reduzir os prejuízos causados pela MOSCA-BRANCA (Bemisia tabaci, biótipo B), inseto vetor do Vírus do Mosaico Dourado do Feijoeiro (VMDF) nos cultivos do feijão comum (Phaseolus vulgaris). Segundo dados, a praga pode causar prejuízos nas lavouras que variam de 30% a 100%.


O vazio sanitário do feijão é regulamentado pela Instrução Normativa Agrodefesa n° 05/2018, com uma série de recomendações técnicas e medidas para reduzir o problema. De acordo com a Agrodefesa, são duas etapas de vazio sanitário do feijão em Goiás, estabelecidas de acordo com calendário de semeadura, ciclo da cultura e colheita. O Vazio Sanitário em municípios como Pires do Rio e Orizona termina no dia 20 deste mês.
No Grupo I consta 80 municípios, nos quais o vazio sanitário aconteceu de 5 de setembro a 5 de outubro. Já no Grupo II, estão outros 153 municípios, o prazo vai de 20 de setembro a 20 de outubro. Consulte no link os grupos e a normativa: https://sidago.agrodefesa.go.gov.br/site/adicionaisproprios/protocolo/arquivos/366657.pdf

“Torna obrigatória a eliminação dos restos culturais do feijão (tiguera ou guaxas), através do controle químico ou mecânico, pela pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado, proprietária, arrendatária, parceira ou detentora, a qualquer título, de área ou instalações nas quais houve cultivo, colheita, armazenagem, beneficiamento, comércio, industrialização, movimentação ou transporte de feijão. Sem plantas no campo, a mosca-branca perde o ambiente favorável à sua sobrevivência até os plantios seguintes”, diz parte do artigo 5º da IN 05/2018.


Com informações https://www.agricultura.go.gov.br/comunica%C3%A7%C3%A3o/not%C3%ADcias/3437-governo-de-goi%C3%A1s,-por-meio-da-agrodefesa,-alerta-produtores-para-o-vazio-sanit%C3%A1rio-da-cultura-do-feij%C3%A3o.html?highlight=WyJmZWlqXHUwMGUzbyJd

Data: 06/10/2020 - 11:45

Categoria: Associado

Compartilhe: